Endereço: Rua Machado Bittencourt, 361, conjunto 607 – Vila Clementino-São Paulo-SP    |   Whatsapp (11) 9 4758-3032 

  • (11) 9 4758-3032
  • (11) 5083-3615

Nutrólogo passa Dieta? Descubra de Uma Vez Por Toda

Para além da questão estética, cada vez mais pessoas sabem da importância da alimentação para uma vida mais saudável, e assim procuram se informar melhor sobre os efeitos do que comem em seu organismo. Nessa busca, é normal que se deparem com a dúvida: será que um nutrólogo passa dieta?

Esta questão leva a outra, igualmente importante: quais as diferenças entre o nutrólogo, o nutricionista e o endocrinologista? Quando é o momento de consultar cada um destes integrantes da Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional (EMTN)? É sobre isto que vamos falar aqui, então continue lendo!

O nutricionista

Este é o primeiro nome lembrado ao se falar em dieta, não é mesmo? E não é à toa.

Este será o profissional que receitará dietas e montará cardápios personalizados para cada um dos seus pacientes, atuando dessa forma no tratamento de deficiências alimentares ou com pessoas que precisem ou queiram perder ou ganhar peso, ganhar músculos, ou ainda dieta para atletas, para a terceira idade e qualquer outra situação especial.

Apesar da crença comum, o nutricionista não pode ser considerado um médico, porque não se forma em Medicina, e sim em Nutrição, área da Saúde que estuda a reeducação alimentar. Portanto, ele não pode prescrever medicamentos nem certos tipos de suplementos alimentares, e nem pedir exames mais elaborados para realizar diagnósticos. Mas pode trabalhar em parceria com médicos como o nutrólogo.

O nutrólogo

O nutrólogo, sim, se forma em Medicina e se especializa ou faz residência na área chamada Nutrologia, parte da Medicina que estuda os efeitos de cada alimento nos organismos humanos.

Este profissional pode atender tanto em hospitais públicos e particulares quanto na própria clínica, atuando na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças relacionadas à alimentação, que podem ser:

-comportamentais: anorexia, bulimia, não ter o costume de fazer as três refeições etc.;

-do próprio organismo: diabete mellitus, doenças cardiovasculares, excesso de açúcar ou gordura no sangue etc.

Assim, ele deve ser consultado quando a pessoa perde ou ganha peso muito rapidamente sem explicação, ou se, por algum outro motivo, ela desconfia que alguma doença está atrapalhando sua nutrição. Por ser médico, ele pode pedir exames de laboratório e prescrever medicamentos e suplementos que o nutricionista não pode, por exigirem receita médica.

Ele pode recomendar restrição de substâncias como o glúten, se diagnostica que é isso que está fazendo mal ao seu paciente. Mas, ao contrário do nutricionista, não elabora dietas.

O endocrinologista

Tal como o nutrologista, o endocrinologista ou endócrino também é médico, ou seja, se forma em Medicina e se especializa ou faz residência em Endocrinologia. Esta é a ciência que estuda as glândulas que secretam os hormônios, substâncias fundamentais para o bom funcionamento de cada um dos sistemas do corpo humano. Qualquer alteração nas glândulas que as faça produzir e secretar hormônios de mais ou de menos, ou modificação na composição dos hormônios, pode levar a desequilíbrios, naturais ou não, sendo alguns exemplos:

-Menopausa ou andropausa;

-Puberdade;

-Diabetes;

-Obesidade;

-Hipotireoidismo ou Hipertireoidismo.

Em outras palavras, esse profissional vai diagnosticar e tratar doenças ou sintomas que envolvam os hormônios, e que podem estar interferindo em alguma nutrição ou nos resultados de uma dieta planejada com o nutricionista. Igualmente, por ser médico, ele pode pedir exames de laboratório e prescrever medicamentos. Mas, apesar de poder recomendar restrições, também não elabora dietas.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Leave a Comment